Piso regional, cesta básica, INPC, inflação e data-base

Sindesc RS - Assembleia Geral
Sindesc RS realiza duas Assembleias Gerais no próximo sábado
30 de novembro de 2021
Ministério Público do Trabalho
Confira a campanha do MPT de valorização dos sindicatos
20 de janeiro de 2022

Piso regional, cesta básica, INPC, inflação e data-base

piso regional, cesta básica, INPC, inflação e data-base

Piso regional e cesta básica

A cesta básica calculada pelo Dieese de fevereiro de 2019 (último aumento do piso regional) variou 52,31% em relação à cesta básica de novembro de 2021. (R$ 449,95 em fevereiro de 2019 e R$ 685,32 em novembro de 2021). 

Portanto, os pisos do Rio Grande do Sul, se fossem reajustados pela cesta básica, deveria variar de: 

I – de R$ 1.237,15 para R$ 1884,30.

II – de R$ 1.265,63 para R$ 1.927,68

III – de R$ 1.294,34 para R$ 1971,41

IV – de R$ 1.345,46 para R$ 2049,27

V –  de R$ 1.567,81 para R$ 2387,93

Piso regional e INPC

O INPC do IBGE variou, de fevereiro de 2019 até outubro de 2021, 19,60%. Se fossem reajustados, teriam as seguintes variações:

I – de R$ 1.237,15 para R$ 1479,63.

II – de R$ 1.265,63 para R$ 1.513,69

III – de R$ 1.294,34 para R$ 1.548,03

IV – de R$ 1.345,46 para R$ 160,17

V –  de R$ 1.567,81 para R$ 1.875,10

A inflação e a data-base 03/2021

O INPC do IBGE variou 7,28% de março de 2021 a outubro de 2021, ultrapassando a inflação de todo o ano anterior, que foi de 6,22%, e ainda faltam mais 4 meses para que a data-base esteja encerrada. A projeção é que a inflação, até fevereiro de 2022, alcance o montante em torno de 11,00%.